terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

A volta ao trabalho!

Dia 04 do mês passado eu larguei a "vida boa" (queria matar quando alguém me perguntava até quando estava de férias!!) de ficar em casa com as crianças e voltei à labuta em tempo integral fora de casa (pra quem não se lembra estava trabalhando meio período em casa com idas ocasionais ao escritório quando necessário).

É difícil confessar e as super mães de plantão podem ficar horrorizadas com o que vou dizer mas eu estava é achando bom voltar à ativa fora de casa. Claro que a parte ruim (PÉSSIMA) é ficar longe dos ninos o dia todo só imaginando as descobertas que estou perdendo, maaaas ao mesmo tempo estava precisando retomar minha vida "normal", arejar a mente e variar os pensamentos. Definitivamente não sou muito o tipo dona-de-casa-mãe-esposa-em-tempo-integral, acho que fico muito chata nesse papel.

Acontece, como toda mãe sabe, que voltar ao trabalho exige uma operação de guerra em casa pra tudo funcionar como queremos. Eu tenho a super vantagem de trabalhar a 2 quarteirões e 5 min. a pé do escritório, consigo ter um tempinho de manhã, estar com eles na hora do almoço e chegar cedo de noite, isso é maravilhoso.

No meu caso optei por um esquema provisório em casa até o Carnaval (no Brasil tudo só começa pra valer depois do Carnaval, certo?) com a babá Fernanda com eles até as 16hs e depois a super presente Tia Cris assumindo até eu chegar em casa. Depois do Carnaval vamos todos pra escolinha de tarde (a busca do berçário perfeito é assunto pra outro post :) ).

As primeiras duas semanas foram muito cansativas porque o ritmo no escritório já começou punk total e ainda estava amamentando na hora do almoço (outro post..), então, as 23hs, quando conseguia parar, estava exausta. Agora, com o passar das semanas as coisas estão se ajeitando e estou me adaptando a loucura diária.

A adaptação das crianças foi mais tranquila que a minha e, fora alguns dias de manhinha quando a mamãe chega em casa, tudo está indo muito bem. O sorrizão e a alegria dos dois ao me ver é tão legal que nos faz deixar todos os problemas do trabalho pra lá.

Enfim, a experiência de ser uma mãe voltando ao trabalho é dificil mas não tão dura quanto sempre imaginei.

2 comentários:

Debora disse...

Gostei. Nunca podemos parar nossa vida por causa dos babies. Precisamos muito dar um tempo pra nos, arejar a mente, variar a rotina.
Sei como 'e ficar em casa, e eu ainda de ferias ha dois anos rsrsrs ja estou ficando, ou melhor, JA ESTOU louca rsrsrsrs.
Bjs

kriskruz disse...

Querida tem sido um prazer ficar com os babies e estou disponível caso precise de mim por mais tempo.Vou sentir falta de ficar com eles todos os dias.Eloes mudam tão rapidamente.
Realmente o sorriso deles qdo nos veem renova as forças todos os dias.