quarta-feira, 23 de março de 2011

Aconchego e muito amor.

Este é um post que passou na frente de outros assuntos (o do Carnaval está quase pronto) e foi escrito pra eu lembrar depois deste momento lindo que vivi ontem com meu filho. Não tem fotos ou grandes emoções, mas pra mim tem o maior valor.

As crianças sempre foram muito tranquilas na hora de dormir. É claro que alguns dias as coisas ficam mais agitadas e eles dão um show, mas isso acontece bem as vezes.
Ontem foi um destes dias. Chegou a bat-hora, o Marcos pediu sua pepê, pegou seu inseparável carro e rumou para o quarto, como faz todos os dias. Colocamos os dois na cama, ligamos a musiquinha, beijinhos, tchauzinhos e fomos embora. 
Ficamos durante algum tempo ouvindo ele conversar sozinho bem tranquilo. Falou, falou, falou até que começou a chamar a mamãe já com uma misturinha de choro na voz.
Eu esperei um pouquinho e fui até lá tentar acalma-lo. Ele começou a ficar mais nervoso, pedia colo, me dava a pepê pra guardar (como a regra é que a pepê é só na hora de dormir eu sabia muito bem o que isso significava) e começou a fazer a maior manha.
Depois de um tempinho eu resolvi acalma-lo no colo e deu super certo. Sentei com ele na cadeira de balanço da época de amamentação, que ainda está no quarto, ele deitou no meu ombro e ficamos alí, abraçados um tempão. 
Aquilo o acalmou tão rápido, ele ficou tão bonzinho.. E eu fiquei tão feliz!!
Fiquei com ele no meu colinho pensando tantas coisas, tantas lembranças, sentindo um amor tão grande por aquele mini ser (já não mais tão mini assim).. Lembrei do dia em que o peguei pela primeira vez, sete dias depois do seu nascimento, e de como ele parou com a choradeira no instante em que veio no meu colo. Meu filhinho querido!!
Logo depois que ele pegou no sono eu o coloquei no berço. Ele acordou, reclamou um pouquinho mas logo logo já dormiu de novo, como um anjo.

Esses gestos de carinho são tão especiais. É importante pra mim ser uma mãe firme, manter uma rotina não mima-los muito, mas sempre com muito amor e carinho e uma escapadela de vez em quando não vai estragar ninguém.

2 comentários:

Ana disse...

Me emocionei !
bjs
Ana B.

Anônimo disse...

é isso aí é um momento de amor só de vcs
tia cris