quarta-feira, 11 de março de 2009

Os Altos e Baixos da Gravidez.

Um grande brinde que vem junto com o positivo da gravidez é o vislumbre de alguns meses sem a tortura mensal da monstrenga e suas cólicas e dores. Mas engana-se quem pensa que também são meses sem o terror dos maridos, a TPM, que nesta época mágica vem e vai sem avisar na forma de uma TDG (Tensão Durante a Gravidez) das boas e transforma uma grávida linda e feliz em uma maluca transloucada e mau-humorada em questão de segundos. Ela pode se manifestar também na forma de um choro compulsivo e sem explicação que logo se transforma em risadas pelo ridiculo da situação.

Esta semana estou experimentando todas as variações da TDG e estou explosiva, completamente imprevisivel ao cubo.

Existem momentos em que nem a visão de duas fofuras crescendo aqui dentro é capaz de clarear o dia que fica bem cinzento sometimes..

Este me parece ser um assunto meio delicado, é como se depois de lutar tanto por estes bebês eu tivesse a obrigação de me sentir radiante 100% do tempo. Preciso parar de me cobrar quanto a isso e aceitar que sou humana e que as vezes simplesmente perco o controle..

Amigos e familiares queridos me perdoem, mas parece que a Mônica insana e carrancuda dos ultimos dias veio para ficar por mais um tempo..

Alguma ex-grávida por ai já passou por isso também?

2 comentários:

Tia Cris disse...

Querida sobrinha, parece q as exc-grávidas estão com muitos afazeres para te responderem.
Querida, o mau humor é uma caracaterista da vida, vem e volta confiorme passamos pelas horas e pelos dias. Bwebês são legais mas tb trazem mil modificações para a vida da mãe e do casal.É um ajuste eterno, não só durante os 9 meses( 10 conforme vc me disse) mas durante toda a vida.
Eu adoro vc , te acho uma pessoa ótima, super lucida e muito amorosa.
Estou por aqui semprew q vc precisar desabafar , chorar, morrer de rir, reclamar e tudo mais.
Bjks amorosas ,saudosas e curiosas.
Tia Cris

Decio disse...

Mô, esta é a coisa mais normal do mundo e está longe de acabar. Até o final da gestação você passará algumas vezes por isso. Falta de sono, peso e cansaço não ajudam muito. Mas o bom é que parece que esquecemos tudo depois. Eu nem lembro mais destes momentos...
No meu caso, eu batia um papo com a barriga, fazia muito carinho, e acho que de certa forma me consolava com isso.
E posso te dizer que mesmo hoje, às vezes sonho com uma noite de sono que dure até às 10hs, com um domingo perfeito em que não preciso sair da cama e posso passar o dia sem trocar fralda, dar comida, ou com aquele dia em que dá na cabeça sair e você cimplesmente sai (sem ter que preparar mil mudas de ropa, mamadeiras, comidinhas, etc.).
Nossa vida muda para sempre, mas na balança o saldo é sempre positivo, e muito!
Beijos, Camila